Terça-feira, 10 de Outubro de 2006

Santos da Casa

Nazaré, 8 de Outubro, Domingo de manhã, já muito perto da hora de almoço, depois de uma aprazível esplanada e de uma observação rápida aos preparativos para o encontro de papagaios de papel na zona central da nossa praia, passo com as piratas pela Praça Manuel Arriaga, mais conhecida na Nazaré por Praça das centrinas ou largo das centrinas .
Uma velhota toda de preto mal podendo andar e vinda da direita, do lado do Nafta Bar, no sentido contrário para onde íamos, chama por nós, mostrando uma ementa que trazia na mão:
-Ah migues... na querem almoçar? Venham ao “Marques”. Olhem, come-se muito bem!... se vão p'ra “Tasquinha”, olhem, tá fechada!
Como já era tarde apressamos o passo em direcção ao carro. Nenhum de nós deu a importância pretendida pela senhora, tal como se faz na época alta quando as chambristas ” nos perguntam a torto e a direito se queremos “chambres”, mesmo aquelas que nos conhecem, como se disparassem a tudo o que mexe, em todas as direcções:
-Querem um quartinho migues!... Ah és tu! Porqu'é que na disseste logo qu'eras tu, cangar ?
Como se eu soubesse de antemão que não me estavam a reconhecer. Ou então quando vamos na marginal a caminho da praia os “banheiros” e as suas características barraquinhas, a que a Piratati e a Pirata Caçula quando mais pequenas chamavam de cabanas, nos perguntam de cinco em cinco metros, tal é o número deles e delas em concentração no passeio marginal mais parecendo uma excursão ao entroncamento com todos os membros identificados com um cartão a condizer bem visível no peito e uma bolsa à tiracolo, como se não bastasse estarem junto às rampas para a praia:
-Querem uma barraquinha migues?... Ah são vocês! Já sê que na querem nada!
Pois é... apetece mesmo dizer que, santos da casa não fazem milagres!

sinto-me: assediado
Arquivo de mensagens engarrafadas:
lançado ao mar por west às 00:52
link da garrafa | engarrafar comentário | favorito
2 comentários:
De re21 a 10 de Outubro de 2006 às 23:21
Pois é, uma verdade, mas não deixa de ser castiço.


De Rui Silva a 11 de Outubro de 2006 às 21:54
Isto é sinal que tu és um ganda forreta ou que o negócio ai na Nazaré vai mal. Um abraço.


engarrafar comentário

Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30



mensagens engarrafadas

Foto do dia

Perfomance Top 10

Considerações à deriva e ...

Foto do dia

Classificados

Post it - A enxórrada

Engarrafamentos (I), o pe...

Foto do dia

Post it - No Comments

Outono

mensagens antigas

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

favorito

Post it - !

Outros Engarrafamentos

Aliciante
Antes Ser Puta
Anticonstitucionalmente
Atribulações de uma Loira
Bitaites
Blog do Alentejano
BLOGotinha
bloquito
Borboleta Assanhada
CoeXist
Corpo Dormente (Bruno Nogueira)
Diário (Mafalda Veiga)
Dias Úteis (pedro Ribeiro)
Eden
Electricidade estática
Erotismo na Cidade
Foi Um Prazer
a funda São
Há Vida em Markl
Iluminado
Imagens
Inconfidências Femininas
Instantes
Jam Session
jcraveiro.com
Manelito Caracol
Menina do Blog
Miss Lust
Missixty
Natureza das coisas
Navego Logo Existo
Negativo Digital
NemTodas asGatasSãoParvas
Páginas Amar-ela
Politica.tsf
Praça da República em Beja
Pressões Digitais
O Prodígio
Prova Oral
Sapo Blogs
Sensações Profundas
Sorrisos aos Molhos
Só se tás parve
Tudo Sobre Nada
Vida de Casado
O Vizinho
You've Got Mail

subscrever feeds

blogs SAPO

Arquivo de mensagens engarrafadas

todas as tags